• frcb@rosacruzdobrasil.org.br

Os tempos estão chegados

Por muito esforço que façamos, impossível nos é alcançar, de uma só vez, a evolução. Todavia, aquele que tiver o zelo e a vigilância para se manter sempre atento e fiel às disciplinas e aos ensinamentos que recebe, indubitavelmente terá que evoluir mais depressa do que aquele que se deixar dominar pela incúria ou pelo desânimo. Não nos iludimos! As Circunstâncias vão ficar cada vez mais difíceis e provas também duríssimas virão para provar a nossa fibra templária.

Todos os estudantes precisam saber amar e valorizar o ideal. Hoje, a Nossa Cristianíssima Ordem tem as portas abertas para qualquer um que deseja a regeneração. Mas, infelizmente, não serão recebidos, pois será tarde demais. Foi essa a iluminação deixada pelo nosso Mestre e Instituidor, prof. Júlio Guajará Rodrigues Ferreira.

Restam poucos, pouquíssimos anos mesmo, para a humanidade se decidir. Ou o homem resolve atender ao espírito, criando energias para suportar a marcha e afrontar os perigos próprios da escalada para o alto ou continua a satisfazer a matéria. Mas, se a opção for a segunda, terá,então, que aguardar os momentos de sofrimento que virão. Serão períodos de angústia, de sustos, de fadigas, de tristeza inenarráveis, até o total aniquilamento do espírito.

Tomemos infinitas precauções para não nos desviarmos do caminho, a fim de que essas penosas reflexões e temores à respeito do fim que se aproxima não nos assaltem! Estejamos como o nosso espírito calmo e disposto, capaz de considerarmos esse desenlace e prevenidos para as consequências. "Quem não deve não teme!" Esse é um ditado popular muito certo. Se, de fato, cumprimos a nossa missão, se somos destemidos e fiéis aos Nossos Amados Mestres, não há motivos para apreensões. Dos grandes males nós estamos livres, pela bondade infinita dos Mestres. No entanto, cabe a nós desviarmo-nos dos pequenos males.

Kediva Santos

Comentários ()