• frcb@rosacruzdobrasil.org.br

Um mundo melhor passa pela transformação do homem!

 

De acordo os Mestres Rosa-Cruzes, a missão do homem neste plano é trabalhar para a sua evolução e, ao mesmo tempo, através do seu progresso, servir à humanidade. Baseando-se neste escopo, as escolas iniciáticas, como a Fraternidade Rosa-Cruz do Brasil, procuram introduzir o neófito no processo de autoconhecimento, pois, através dessa interiorização, ocorre uma harmonização com as energias do Universo.

Esse trabalho tem como fundamento principal a “reeducação na forma de pensar”, pois todos os pensamentos são frequências e essas correntes circulam por todos os campos.

O trabalho de evolução (interiorização) também pode ser definido como a busca pela “Sabedoria Universal”, que sempre existiu e está presente em tudo, grandiosidade e complexidade que deixam qualquer buscador, por menos que se aprofunde, “maravilhado”.

O homem é um ser vibracional e quanto mais avança no entendimento desse conceito, mais se aproxima da percepção da unidade. Através do autoconhecimento, todas as imperfeições do caráter podem ser corrigidas, ou seja, é a realização da autotransformação espiritual, que podemos chamar de alquimia (a conversão do chumbo em ouro). A maior contribuição de um ser acontece quando ele se torna mais puro e capaz de irradiar, conscientemente, harmonia, paz e luz.

A “reeducação na forma de pensar” passa por várias iniciativas e etapas. São novos hábitos que precisam ser adotados. Por exemplo, o estudante deve procurar ser mais otimista, fugindo de afirmações pessimistas e posturas que atraiam tristezas. Deve selecionar mais as suas atividades, procurando ações positivas, e locais onde não circulem energias negativas. No lazer (passeios, cinema, televisão, audição de músicas, etc.), deve privilegiar eventos que, além da diversão e renovação de energias, propiciem engrandecimento moral e espiritual. O ambiente ao redor (casa, trabalho, escola, etc.) deve sempre estar limpo e organizado. Essa logística também é fundamental para a evolução! Ao falar, não deve pronunciar palavras sem pensar. É importante evitar reclamações (clamar negativamente mais de uma vez) e lamentações. E, finalmente, sempre estar em postura de agradecimento pela vida. Gratidão sempre!

Com a “reeducação na forma de pensar”, o homem se aproxima da unidade, da natureza, aliviando o seu carma e construindo o dharma, ou seja, uma nova vida sem obstáculos e sofrimentos.

Com homens melhores, teremos um mundo melhor!

No Universo não existem castigos ou recompensas, apenas consequências!

FOTO:  Anfiteatro Cristão-Cabalístico da Verdadeira e Única Sabedoria Eterna, Henrique Khunrath, Hannover, Alemanha, 1609

 

Comentários ()